CARREGANDO

Digite uma Pesquisa

Janeiro Branco no AUSTA tem talk show sobre transtorno do pânico, ansiedade e depressão

Compartilhar

Para o Grupo AUSTA, instituições e profissionais de saúde de todo o país, o primeiro mês do ano é o Janeiro Branco, quando se desenvolve campanha nacional que pretende chamar atenção da sociedade para a saúde mental e a emocional.

O aumento de doenças emocionais tem sido significativo no Brasil nos últimos anos, demonstram estudos e pesquisas feitos pelo Ministério da Saúde e OMS (Organização Mundial da Saúde).

Para dar visibilidade à campanha Janeiro Branco, o AUSTA reúne com quatro profissionais de saúde para o bate-papo cujo tema é “Transtorno do Pânico, Ansiedade e Depressão”, dia 30 de janeiro, às 18h30, no auditório do AUSTA (rua Dr. Antônio Bahia Monteiro, 465, térreo, atrás do AUSTA hospital).

O evento é gratuito, aberto à comunidade.

O talk show vai reunir a psiquiatra Mayra Folgosi Ricci, a psicóloga Mirele Gilioti Passarini, o clínico geral, nefrologista e intensivista Ronaldo Gonçalves e o psiquiatra Elton Alonso Pompeu.

Após apresentarem seus pontos-de-vista sobre os transtornos e trocarem entre si conhecimentos e experiências, os três profissionais vão bater um papo com a plateia e esclarecer dúvidas.

Janeiro Branco – Transtornos vitimam milhões de pessoas

Além de infringir as pessoas portadoras de problemas mentais uma vida dolorosa, como depressão e ansiedade, estudos mostram que estes transtornos aumentam atos de violência (em domicílios, no trânsito ou em escolas), criminalidade, suicídios, alcoolismo e uso de drogas, entre outros.

As pessoas que sobrem de danos desta natureza muitas vezes são vítimas de preconceitos e de isolamento por parte de amigos, parentes e da sociedade como um todo.

Não é por acaso que janeiro é o mês desta campanha.

Os idealizadores o escolheram pelo fato de que, em termos culturais e simbólicos, no início do ano as pessoas estão predispostas a pensar sobre suas vidas em diversos aspectos e como se relacionam com os outros.

Ao definir a cor branca, pretende-se que se remeta a uma tela em branco, incentivando as pessoas a preenchê-la e ver a vida de outra forma.

Os idealizadores do “Janeiro Branco” avaliam que o aumento do número de pessoas com problemas mentais e emocionais ocorre, em grande parte, porque vivemos numa sociedade individualista, competitiva, hedonista, materialista e consumista.

Os conflitos, os desejos, as ilusões, as ambições, os sistemas culturais e as aparências incitam a uma permanente prontidão de sentidos que podem terminar por levá-los à exaustão física, mental e emocional.

Eles acreditam que as redes sociais têm colaborado para este cenário.

A campanha pretende transmitir a mensagem de que a humanidade acumulou conhecimentos suficientes para ajudar as pessoas a desenvolverem vidas mais saudáveis.

Todos  – indivíduos e instituições sociais – são responsáveis pela promoção da saúde mental e da emocional.

Talk Show “Transtorno do Pânico, Ansiedade e Depressão”

Para marcar a campanha Janeiro Branco

Convidados: psiquiatra Mayra Folgosi Ricci, a psicóloga Mirele Gilioti Passarini, o clínico geral, nefrologista e intensivista Ronaldo Gonçalves e o psiquiatra Elton Alonso Pompeu.

Data: 30 de janeiro, às 18h30

Local: auditório do AUSTA (rua Dr. Antônio Bahia Monteiro, 465, térreo, atrás do AUSTA hospital)

Evento gratuito, aberto à comunidade

 

programação janeiro branco austa

Tags:

Deixe um Comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *