CARREGANDO

Digite uma Pesquisa

Tags:

Grupo AUSTA lembra o Dia Mundial de Prevenção ao Suicídio para celebrar a vida

Compartilhar

O Grupo AUSTA une-se a importantes entidades nacionais e internacionais para, neste 10 de setembro, o Dia Mundial da Prevenção de Suicídio, ressaltar que, em 90% dos casos, ele pode ser evitado. 

O AUSTA acredita que o propósito do Dia Mundial da Prevenção de Suicídio deve ser para promovermos ações para defender e celebrar a vida.

Esta data foi criada em 2003 pela Associação Internacional para a Prevenção do Suicídio e pela Organização Mundial de Saúde (OMS) com o objetivo de prevenir o ato do suicídio.

No Brasil, o dia ampliou-se para o mês, o Setembro Amarelo, iniciativa do Centro de Valorização da Vida (CVV), Associação Brasileira de Psiquiatria e várias outras instituições médicas.

O amarelo foi adotado como cor da campanha porque significa vida, luz, alegria e, para os organizadores, é o contraponto simbólico ideal deste problema de saúde pública.

A cada 40 segundos, um suicídio acontece no mundo, segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS).

Todo dia, 32 brasileiros se suicidam, segundo o CVV. E 17% da população já pensaram em tirar a própria vida.

É a quarta maior causa de morte entre jovens de 15 a 29 anos. 

O país registrou 10.575 casos em 2016, segundo o Ministério da Saúde.

O suicídio pode ser evitado em mais de 90% dos casos

Estudo do Centro de Valorização da Vida, entidade que atua há 56 anos para evitar suicídios, constatou que, de cada 10 mortes, nove poderiam ser evitadas com tratamento adequado. 

Fatores externos, como perda de familiares e desemprego, e doenças emocionais, como depressão, são possíveis motivos para um suicídio, segundo o CVV.

Dar suporte social, restringir o acesso a meios perigosos, procurar tratamento adequado para deficiências emocionais e cultivar atitudes de esperança são recursos que podem ajudar a evitar os suicídios, de acordo com a médica psiquiatra Fernanda Benquerer Costa, do CVV.

Se precisa de ajuda, ligue 188

O Centro de Valorização da Vida (CVV) atende pelo telefone 188. A ligação é gratuita.

Em São José do Rio Preto, o CVV também atender pelo telefone (17) 3233-4111.

O CVV é uma associação civil sem fins lucrativos, cujos voluntários estão capacitados para dar apoio emocional a todas as pessoas que querem e precisam conversar.

Fontes: Conselho Federal de Medicina, Ministério da Saúde, site do Senado Federal e portal G1, Centro de Valorização da Vida

Tags:

Deixe um Comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *