CARREGANDO

Digite uma Pesquisa

Grupo AUSTA celebra o Dia do Estudante

Compartilhar

O AUSTA tem muito a comemorar este 11 de agosto, Dia do Estudante. O Grupo faz questão de ter estudantes atuando em suas empresas.

“É uma relação extremamente benéfica para ambos. Através de nosso programa de estágio, aos estudantes damos a oportunidade de exercitarem na prática o aprendizado teórico, abrindo-lhes as portas do mercado de trabalho”, destaca Rafael Chanes, gerente geral do AUSTA. “Em contrapartida, para o nosso Grupo, cada estudante contribui com sua juventude, energia, visão e ideias que oxigenam a nossa organização”, completa.

Atualmente, o Grupo AUSTA conta com 20 estudantes, atuando nas mais diversas áreas, como administração, nutrição, farmácia, enfermagem e tecnologia da informação.

Jovens como Giovana Carvalho da Silva, estudante do 3º ano do Curso de Nutrição da UNIP (Universidade Paulista), que faz estágio no Serviço de Nutrição e Dietética (SND) do Hospital. Ela desempenha atividades importantes, como realizar a triagem nutricional dos pacientes e colaborar com a elaboração de cardápios individualizados para cada um dos pacientes internados. Tudo com a orientação e supervisão do líderes do setor.

Para o estudante, o estágio é fundamental para complementar a formação acadêmica e, como ressalta Giovana, “ampliar conhecimento e adquirir experiência que fará toda a diferença quando concluir a faculdade”.

O estágio no AUSTA hospital, no entanto, reservou gratas surpresas para a estudante de nutrição, dentre as quais, ela destaca a cultura da humanização. Ela confessa ter se surpreendido com o quanto os colaboradores dedicam carinho e atenção a todos, pacientes, acompanhantes e demais pessoas que passam pelo AUSTA diariamente.

“Percebo a humanização muito presente no Hospital pois cada paciente recebe atenção individual, sendo que os colaboradores buscam atender às necessidades específicas de cada um”, diz a futura nutricionista. Ela naturalmente dá como exemplo da humanização a triagem nutricional. “Para elaborar o cardápio, perguntamos ao paciente quais tipos de alimento prefere para que, dentro do possível, possamos atendê-lo”, diz.

Outra ação humanizadora destacada pela estudante é a iniciativa dos colaboradores de, caso o paciente faça aniversário durante sua internação, surpreendê-lo com um bolo e cantar parabéns em seu leito.

“São ações simples, mas que, somadas a tantas outras adotadas no Hospital, tornam o ambiente mais acolhedor para cada paciente”, finaliza a estudante.

Tags:

Deixe um Comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *