Atividade Física E Prevenção

Atividade Física e Prevenção

Atividade Física

Para muitos pode até parecer bobagem, mas atividade física é o remédio mais barato e eficaz que existe, capaz de prevenir e tratar doenças. Caso ainda siga uma rotina de sedentarismo, é hora de rever seus conceitos e mudar essa realidade. Para tanto, segundo o Colégio Americano de Medicina Esportiva e a Associação Americana do Coração, é necessário realizar 30 minutos de exercício aeróbio contínuo, cinco vezes por semana. De acordo com a Organização Mundial da Saúde, se as pessoas saíssem do sedentarismo e readequassem o padrão alimentar, seria possível evitar 260 mil mortes por ano por causas como câncer e doença coronariana crônica.

O C.I.P.S. (Centro Integrado de Promoção à Saúde) da AUSTAclínicas oferece grupos de alongamento e atividade física, para os clientes que participam do programa.

Uma pesquisa realizada pelo Instituto Nacional do Câncer dos Estados Unidos, que revisou 12 estudos americanos e europeus, com 1,4 milhão de participantes, apontou que uma vida ativa fisicamente está associada a um menor risco de desenvolver, no mínimo, 13 tipos de câncer. Alguns dados específicos mostram que: a prática de exercícios está relacionada a uma redução de 42% no risco de câncer de esôfago; e 25% nos casos de tumores no fígado e pulmão.

Mas não é apenas isso, a prática regular de exercícios também é eficaz para prevenir doenças como:

  • Diabetes (não dependente de insulina) – quanto se reduz a gordura corporal, especialmente da região abdominal, as taxas diminuem junto com a resistência à insulina, o que é eficaz para reduzir quadros de diabetes.
  • Obesidade – os exercícios ajudam a reduzir a gordura corporal e aumentar a massa muscular, provocando o aumento do consumo de calorias pelo organismo, equilibrando os quadros de obesidade.
  • Osteoporose – a atividade física contribui para a formação de massa óssea, favorecendo na fixação de cálcio, evitando o desenvolvimento da doença.
  • Pressão alta – o coração de quem pratica exercícios acaba fazendo menos esforço para que o sangue circule pelo corpo e, consequentemente, a pressão fica sob controle.
  • Problemas cardíacos e AVCs – com o coração mais fortalecido pelos exercícios, existe a melhora da circulação, diminuindo os riscos de problemas cardiovasculares e acidente vascular cerebral.
  • Ansiedade – atividade física intensifica a produção de endorfina, que proporciona a sensação de bem-estar, afastando os sintomas da ansiedade, como medo e tensão.

É importante destacar que, os efeitos dos exercícios podem ser potencializados, para tanto é preciso investir em uma alimentação saudável e equilibrada, pobre em sal, açúcar e gordura. Não se esqueça de que, antes de iniciar uma rotina de exercícios é necessário passar por avaliação médica. Ter o acompanhamento de um profissional para a realização das atividades também é indicado.

Não tem tempo pra praticar uma atividade física?

Baixe nosso e-Book e confira dicas para deixar seu final de semana com mais saúde e qualidade de vida.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *